terça-feira, 17 de agosto de 2010

A Musica da Minha Vida Parte IV


Não sei porque, mas ele me parecia estranho. Muito estanho, o que ele tinha pra fazer? Ok, eu não tenho nada a ver com isso não é mesmo? No resto do dia eu fiz o deve der casa, toquei violão e fiz um música nova. De noite terminei de ler um livro e fui dormir. No dia seguinte eu acordei tomei café, pedi dinheiro a minha mãe e depois saí de casa e fui esperar o ônibus no ponto. De repente alguém fala:
-Bom dia!
-Bom dia Chris! O que você tá fazendo por aqui? – disse eu assustada e feliz.
-Te esperando, porque eu nunca consigo sentar ao seu lado no ônibus.
-Haha, bobinho.
Fui abrir minha mochila no ônibus, e o papel da minha nova música caiu no chão, e o Chris disse:
-Você compõe músicas? Sabe cantar?
-Sim, eu componho. Mas eu não sei cantar muito bem.
-Canta aí!
-Eu não, tá maluco?
-Não! Só quero que você cante pra mim.
-Ah , agora não.
-Então, hoje de tarde posso te levar a um lugar e você canta pra mim?
-Hm... tudo bem! – eu estava com uma cara de boba, boba apaixonada.-
Fui pra aula de física, eu fazia com a Claire e com a Jess, ficamos fofocando a aula inteira, claro! Elas queriam saber de todas as novidades como sempre! No intervalo não encontrei o Chris , pra falar a verdade eu o vi conversando com a idiota da Ash, mas nem liguei e fui comer. Depois não o encontrei. A aula acabou e eu fui pra casa. Tava meio triste.. Porque o Chris tava conversando com a Ash? Ela é uma idiota poxa.. será que ele tava afim dela?Tá bom Beatriz, pensar coisas ruins atrai coisas ruins não é mesmo? Resolvi desencanar, mais continuei apreensiva. Será que ele iria me ligar pra gente sair como ele havia falado? Hm, não sei. De repente meu celular tocou e eu atendi.
-Alô?
-Oi Bea, e então posso passar na sua casa pra eu te levar pra sair?
-Sim! Claro! Eu só vou me arrumar rapidinho e passar uma maquiagem.
-Maquiagem pra quê? Você já é tão linda.
-Hahahaha, bobinho! Enfim passa aqui daqui a 20 minutos tá?
-Ok então, beijos.
-Beijos. 
Ai meu deus, ele me chamou de linda, eu realmente não tava acreditando! Eu tinha que contar tudo depois pra Claire e pra Jess senão elas iam me matar, mas agora eu tinha que me preocupar com o que estava por vir. E se eu desafinasse? Ai meu deus!
-BEATRIZ, UM TAL DE CHRISTOFER ESTÁ AQUI EMBAIXO TE ESPERANDO –meu pai gritou-
-Ok, já estou descendo pai!
Eu tratei de passar um perfume e desci correndo!
-Você está linda. – disse ele com um sorriso lindo e encantador.
-Obrigada. – eu dei um sorriso todo sem graça e apaixonado.
-Vamos?
-Sim! Tchau pai! - eu berrei -
-Tchau filha. –meu pai disse todo ‘’desconfiado.’’
-E aí, pra onde você vai me levar?
-Pra dois lugares, primeiro vamos ao meu estúdio de gravação e depois é surpresa.
-Você tem um estúdio? Você canta? Ai, que lindo!
-Sim, eu estava até pensando em montar uma banda.
-Nossa, mais que legal! – eu disse toda empolgada.-
Chegando lá eu fiquei toda envergonhada e ele disse:
-Não precisa ficar com vergonha, pode cantar.
Eu cantei um trecho da minha música e ele ficou paralisado olhando pra mim. E eu fiz uma cara de assustada e disse.
-Desculpa se eu te decepcionei.
-Dece o que? Meu deus, você é a menina mais incrível que eu já conheci! Olha sua voz, a letra da sua música!
-É sério que você gostou Chris?
-Se eu gostei? Eu amei!
-Obrigada!  
Não resisti. Dei um abraço nele. Ficamos abraçados por um bom tempo. Até que ele se ‘’soltou’’ de mim e pegou o microfone.
-Agora é minha vez de cantar. Cantar pra você.
A voz dele era tão suave, a letra era tão incrível. A minha parte favorita era:
‘’Baby, eu te amo, eu não quero deixar você partir, quando mais eu penso, mais eu quero que você saiba que tudo que você faz é muito fofo, e eu não posso suportar isso.’’
Era tão lindo...
-E aí, gostou?
-Eu amei, adorei muito!
-Hm.. que bom, fiz pra você.
-Pra mim? – fiz cara de assustada –
-Sim, pra você.
Nesse momento eu fiquei paralisada e ele veio na minha direção, bem devagar em direção ao meu rosto. Foi quando ouvimos um barulho e tomamos um susto.
-Ops, desculpe atrapalhar Chris, mas você me prometeu que me ia deixareu ensaiar aqui.
-Ok, eu e a Bea já estávamos de saída.- ele disse-
Adoro quando as pessoas me chamam de Bea, soa tão fofo.
Ele me puxou pelo braço e disse:
-Vamos, eu tenho que te levar pra um lugar.
-Que lugar?
-É surpresa.  
 

2 comentários:

  1. que fofo Chris.
    e porque uma pessoinha tinha que aparecer logo quando chris e beatriz iam se beijar?
    argh,amei demais.
    Parabéns,muito curiosa para saber onde ele vai levá-la.
    Beijinhoos ;*

    ResponderExcluir
  2. tudo para deixar com um gostinho de quero mais *--*
    Haha´
    que bom que estão gstando!

    ResponderExcluir