domingo, 20 de junho de 2010

Tudo Muda

Rafaela sempre foi conhecida como a menina má. Era uma das garotas mais populares do colegio onde estudava, tinha todos os meninos aos seus pés e humilhava aqueles inferiores a ela.
Seu pai era um homem muito rico, ele era dono de uma das maiores empresas de computadores que existia, mais mesmo assim não era um homem feliz. Sempre tentou ser acima de tudo um amigo para sua filha, mais ela sempre o tratava muito mal.
Foi em uma manhã nublada que Rafaela  acordou  e foi se arrumar para ir á escola, quando desceu as escadas e foi até a sala pegar sua linda bolsa percebeu que seu pai estava deitado no sofá, ela estranhou e foi chegando ais perto.. e deu um grito quando viu que ele não estav respitando! Saiu empregados de todos os comodos da casa, alguns ficaram paralisados, assustados, outros a seguraram e outro ligava para a aumbulancia. Mais todos já sabia que não adiantava, ele já estava morto.
O desespero de Rafaela era de dar dó, mesmo ela não tratando bem o pai ela o amava era o unico que restou da familia, sua mãe tinha morrido quando ela era uma cirança ainda! Rafa gritava, chorava, jogava coisas estava inconformada.
Depois de alguns dias ela não era mais quela menina de antes. Não ia mais para a escola, não saia para lugar nenhum, ficava trancada no quanto o dia inteiro, só saia de lá para comer para ela o mundo tinha acabado.
E foi assim por um mês até que sua tia disse que se ela não voltasse a vida normal iria deixa-la em um hospital, pois não sabia mais o que fazer. Então com medo e sem vontade, no dia seguinte Rafa se levantou e começou a se trocar para ir á escola. Quando chegou lá todos a olhavam, mais ninguém ia cumprimenta-la. Tudo o que ela queria era um abraço, não importando de quem seja...
Na sala de aula, ela se sentou na ultima carteira da ultima fileira e lá ficou até bater o sinal do intervalo, ela não queria sair dali, mais estava com vontade de ir ao banheiro. Então ela andou pelos corredos de cabeça baixa e no caminho viu seus amigos mais eles a ignoraram. Continuou seguindo seu caminho.. no banheiro havia uma unica menina que percebeu sua cara de choro, então a menina desconhecida foi conversar com ela. Na hora Rafa não acreditou: " Uma desconhecida que eu humilhei muito no passado foi a unica que veio falar comigo e me dar forças, não acredito nisso" ela pensou.A menina que se chamava Bruna passou o intervalo com ela, conversaram e Rafa pela primeira vez um mês se sentiu bem.
O Intervalo acabou e de novo todos foram para sua sala, Rafaela continuou sentada no mesmo lugar e só fez alguns exercicios, ela contava os minutos e sugundos para o fim da aula, ela queria sair daquela escola! Até que o sinal avisando o fim das aulas bateu! todos sairam de suas salas conversando e rindo, mais Rafaela não. Então sentiu uma mão em seu braço, quando ela virou era Bruna e um menino muito lindo. Foram juntos até o portão da escola.
- Rafa, esse é o meu Primo Matheus - Disse Bruna
- Oi, Bruna me disse o que aconteceu, sinto muito - Disse Matheus
- Ah, Oi :$  é, isso é bem triste, mais já estou bem (:
Os Três foram andando, Rafa estava gostando de sesus novos amigos, eram divertidos e faziam a esquecer das coisas tristes. Andaram até que chegaram em uma Paraça, lá Bruna iria encontrar seu namorado, então ficaram Rafaela e Matheus sentados em um banco enquando Bruna estava aos beijos com seu namorado.
- Preciso te falar uma coisa Rafaela, isso está me matando por dentro.
- Nossa, pode falar Matheus..
- É que eu gosto de vc, quer dizer eu realmente gosto de vc! Não é de hoje, e sim desde o primeiro dia que eu te vi nessa escola, só não falava nada porque vc nunca iria dar bola pra mim no meio dos seus amigos :$
Rafa ficou paralisada mais depois ficou emocionada. "Um menino disse que  gosta de mim, nunca ninguém me disse isso *-*"
- Nossa, não sei o que falar Matheus *--* Isso é tão lindo (:
Os dois foram se proximando, o coração dos dois estava acelerado, era um momento tão lindo *-* E então se beijaram. Foi um beijo calmo, apaixonado... Depois do beijo, Matheus a abraçou, um abraço forte, protetor... Sairam de lá abraços e deixaram Bruna para trás.
Tres semanas depois Matheus a pediu em namoro, e ela claro aceitou. Os dois se davam muito bem, Rafa também estava gostando muito dele *-*
Então indo para a sorveteria Rafaela encontra Anne uma antiga amiga.
- Anne é você ? Meu Deus quanto tempo *-*
- Rafa ?? Nossa que saudades amr *---*
As duas se abraçaram  e foram juntas para a sorveteria, nocamainho Rafa contou tudo o que acontecido naqueles ultimos meses para Anne.
- Não acredito! Nossa Rafa, sinto muito pelo seu pai, mais ainda bem que você encontrou novos amigos e um namorado *---* e eles te fazem bem.
- Eles me fazem muito bem, eu amo o Matheus (:
- Menina você esta muito mudada, e é para melhor.
Anne ficou espantada com todo a mudança: Rafa agora era uma ótima aluna, conversava com todos, estava namorando (uma coisa que ela nunca fez)
- Há pessoas que não gostaram e outras que nem notaram. Mais a verdade é que eu Mudei muito, e não preciso que acreditem na minha mudança para que eu tenha mudado.

Texto feito para a 49ª Edição do OUAT

Nenhum comentário:

Postar um comentário