terça-feira, 18 de maio de 2010

Eu e a Timidez




“Eu carrego comigo a grande agonia
De pensar em você, toda hora do dia
Eu carrego comigo, a grande agonia
Na verdade nada esconde essa minha timidez”

Ousadia e audácia não fazem parte do seu vocabulário. Tomar a iniciativa então? Nunca. Dizer o que pensa, aceitar elogios, conversar abertamente sobre qualquer tipo de assunto? Você nem sabe o que é isso. Esse acanhamento excessivo, essa fraqueza de ânimo, denota uma característica variável de pessoa para pessoa, muito peculiar: a timidez. Dá-se a desculpa de ser uma pessoa reservada, mas você é assustada. A timidez é um assunto muito mais sério do que se pensa, mas vamos debater aquela timidez de não conseguir interagir ativamente com o meio. Você reconhece essa dificuldade de interação, o que já é um ótimo início para a reversão desse comportamento. Essa dificuldade, com o passar do tempo, vai acabar te prejudicando mais do que se imaginou. Até hoje ela pode ter tirado de você alguns garotos, mas à medida que você cresce, ela pode tirar coisas mais importantes como, por exemplo, uma vaga de trabalho ou uma promoção na vida (pessoal ou profissional). Mas não vamos muito longe, nós acabamos de passar dos quinze, como a Br define perfeitamente essa nossa etapa de vida adolescente. Afinal, você deve estar afim de um garoto. Já reconheceu seu príncipe encantado, já se determinou em conquistá-lo e já venceu a baixa auto-estima. A próxima etapa é acabar de vez com essa timidez. Canalizamos nossos pensamentos e vontades com facilidade pela Internet. Twitter, blog, orkut, MSN: atrativos infalíveis para chamar a atenção. Só que chega uma hora em que ficamos off, e devemos encarar tudo com esse corpo real. Escreva um poema, dedique uma música, tudo bem, faz parte. Mas não existe possível namoro sem contato físico. É difícil começar uma conversa, mas nunca é tarde demais para dar “bom dia”. Comece por ele que as coisas irão fluir. Fale da blusa bonita, elogie a letra no caderno, mostre-se disponível, estude junto com ele. É verdade que falar é fácil. E escrever mais ainda. Mas o tímido nunca vai saber do que é capaz se não tentar. O importante é não ter medo de falhar, pois todos que conseguiram (com toda a certeza dessa frase) um dia tentaram. Mas antes dessa possível conquista, não se esqueça de que a pessoa mais importante do mundo para você é você mesma! Não esconda seus defeitos: encare-os. Não imite ninguém: se aceite. Não fique de cara fechada: ache seu lado alegre. Não sucumba à opinião alheia: confie em si mesmo. Como sempre digo: você é única!
 

3 comentários:

  1. Amei seu texto ! Não posso dizer que sou tímida com garotos e tal, porque há muito tempo qe n sou haha, mas o meu problema é outro : sermuito simpática com todo mundo e as pessoas ( meninos né) acharem qe estou dando em cima.É muito dificil encontrar o tão almejado meio termo o equilíbrio, pra ser feliz, não pode ser 8 ou 80 tem que ser tipo uns ... 48. Tipo isso. HAHAHA, acho que to falando besteira. To indo, e estou te seguindo ! rs, beijos !

    ResponderExcluir
  2. AUSHUAHSUHASUHA´
    obrigada amoor (:
    sabe,as vezes também tenho esse problema :/

    ResponderExcluir
  3. A timidez a gente vai deixando de lado com o tempo, é meio impossível mudar de uma hora para outra. Gostei muito do texto, beijo.

    www.menina-normal.blogspot.com

    ResponderExcluir